Memória Fraca? O que fazer para combater ou reduzir esse mal!!!


Créditos de: Vitor Guerson

Nos tempos atuais com a globalização é indispensável ao homem moderno que a memória seja uma ferramenta sempre a disposição e em ótimo funcionamento, no entanto essa mesma globalização que traz a todo instante uma avalanche de informações é a responsável pelo gradual enfraquecimento dessa memória, portanto necessitamos usar todos os meios saudáveis para manter a memória sempre ativa e fortalecida.

Sabemos que assim como o corpo precisa de exercícios para deixar os músculos mais fortes e ágeis, o cérebro também necessita de ginástica para estimular suas células, favorecendo desta maneira, não só a memória, mas a capacidade intelectual como um todo.

Sendo assim, a melhor forma de estimular o cérebro, independentemente da idade, é colocar a cabeça para funcionar.


Ler, jogar xadrez, resolver palavras cruzadas, decorar textos, por exemplo, são exercícios que contribuem para uma memória mais ágil.

Portanto, essa ginástica mental serve tanto para manter a memória em dia quanto para estimular os neurônios que estão desativados.

Nessa luta contra os apagões da memória, o ácido fólico entra em ação. Para ingeri-lo, recorra ao espinafre, abacate, ovo cozido brócolis, feijão, cenoura e fígado bovino. Esses alimentos são ricos na vitamina que faz parte do complexo B, os mesmos ajudam na prevenção dos brancos repentinos, já que atuam nas conexões dos neurônios.

A recomendação de consumo diário de ácido fólico é de 800 microgramas. Meia xícara de chá de espinafre cozido, por exemplo, apresenta 132 µg da vitamina.

O potássio é outro combatente da memória fraca. Beber água de coco, comer abacate, banana e cenoura são boas alternativas para encontrar o mineral e dar uma calibrada no raciocínio. A ingestão diária ideal é de 4.700 miligramas. Uma banana média apresenta 467 mg desse nutriente.

Aproveite as dicas e estimule sua memória!!!

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.